UOL - O melhor conteúdo EMAIL ASSINE O GAZETA

Adolescente confessa ter matado menina de 9 anos na Zona Norte de SP


3 de outubro de 2019 l Atualizada em - 3 de outubro de 2019 às 17:27

Imagens de câmeras de segurança registraram os dois na rua

Um jovem de 12 anos confessou nesta semana à policia que matou sozinho a menina Raíssa Eloá Caparelli, de 9 anos. O corpo da vítima foi encontrado amarrado em uma árvore no último domingo, 29, no Parque Anhanguera, Zona Norte de São Paulo.

De acordo com as informações, a confissão ocorreu na madrugada desta terça-feira, 1, na sede do Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), no Centro de São Paulo. Ele recusou a dizer o motivo pelo tal crime.

A polícia também afirmou que o adolescente utilizou um galho de árvore para bater e matar a vítima. Raíssa havia desaparecido em uma festa que foi junto com sua mãe, em  um Centro de Educação Unificado (CEU) e foi encontrada morta suspensa pelo pescoço, dando indícios de que foi vítima de asfixia.

A mãe relata que deixou a filha no pula-pula e foi buscar pipoca para o outro filho no momento que a menina desapareceu.

Câmeras de segurança gravaram a menina e o adolescente antes do crime. Nas imagens, eles aparecem caminhando de mãos dadas por uma rua.

O adolescente foi submetido a exame sexológico, porque foram encontrados ferimentos compatíveis com quem poderia ter sofrido violência sexual.

Publicidade

Comentar reportagem

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Publicidade