UOL - O melhor conteúdo EMAIL ASSINE O GAZETA

Alumínio: Empresa rompe contrato emergencial e deixa a população sem transporte público


8 de novembro de 2019 l Atualizada em - 8 de novembro de 2019 às 10:21

Foto: Reprodução/TV TEM

Os moradores de Alumínio que acordaram cedo nesta sexta-feira, 8, para utilizar o transporte público foram surpreendidos mais uma vez. A prefeitura decretou situação de emergência após a Transvitória, empresa que operava emergencialmente desde o dia 1º de outubro, romper o contrato e suspender o serviço. O Poder Executivo afirmou que assumirá a operação na cidade.

De acordo com o decreto, a medida será tomada para evitar um estado de calamidade sem o transporte coletivo. O documento autoriza o aluguel de veículos pra fazer o serviço e ainda usar motoristas que trabalham para a prefeitura para dirigir os ônibus.

A empresa não estava cumprindo pontos do contrato e acabou com várias linhas, o que causou reclamações dos passageiros, afirmou o documento.

Publicidade

Comentar reportagem

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Publicidade