UOL - O melhor conteúdo EMAIL ASSINE O GAZETA

Dois homens são presos acusados de participarem de roubo a caminhão encontrado em Araçariguama


13 de dezembro de 2019 l Atualizada em - 13 de dezembro de 2019 às 14:19

Foto: Divulgação/Polícia Civil

Dois homens foram presos na madrugada desta sexta-feira, 13, acusados de envolvimento com o roubo de carga de um caminhão encontrado no bairro Cintra Gordinho, em Araçariguama, na quarta-feira, 11.

Após ser encontrado em Araçariguama um caminhão, que teve sua carga de 6 toneladas de carne roubada no município de Itapevi, policiais da Delegacia de Araçariguama diligenciaram em uma chácara na região de Itapevi, próximo da divisa com Araçariguama e localizaram parte dessa carga. De acordo com a Polícia Civil, no local foram encontrados dois indivíduos e com eles, três armas, um revólver calibre 32 e dois simulacros de pistolas.

Na residência também foi localizada uma touca ninja, que conforme os policiais, é igual àquelas que os ladrões utilizaram para o referido roubo. Ainda no local do encontro parcial da carga, um dos indivíduos ofereceu aos Policiais Civis a quantia de 5.000,00 para que obtivesse sua liberdade.

Os dois foram presos e responderão pelo crime de receptação, posse irregular de arma de fogo e corrupção ativa.

Entenda o caso 

Na madrugada de quarta-feira, 11, criminosos roubaram um caminhão carregado com carne na Rodovia Presidente Castello Branco, em Itapevi. No veículo havia três pessoas que foram deixadas na Rodovia Prefeito Lívio Tagliassachi e o caminhão foi encontrado horas depois no bairro Cintra Gordinho, em Araçariguama.

De acordo com o boletim de ocorrência, um caminhão carregado com carnes, que saiu da cidade de Rancharia (SP), havia deixado parte de sua mercadoria em uma filial da empresa em Itapevi e seguia sentido à Rodovia Presidente Castello Branco. Em certo momento, o motorista, acompanhado de dois ajudantes, observou que um veículo Celta de cor preta, à sua frente, trafegava pela via fazendo “zigue zague”.

Momentos depois, o carro parou a frente do caminhão e quatro indivíduos desceram armados. Um dos indivíduos puxou o motorista do caminhão e lhe deu uma coronhada. A vítima afirmou aos policiais que neste mesmo momento também ouviu um disparo de arma de fogo.

Ainda conforme as informações policiais, o motorista e os dois ajudantes foram levados para o Celta e observaram que estavam transitando por uma estrada de terra por cerca de 20 minutos. Em determinado ponto da estrada o caminhão apresentou problemas e “morreu”, os indivíduos então fizeram com que o motorista colocasse uma blusa na cabeça e fosse verificar, afirmando que se o caminhão voltasse a ligar por existir algum tipo de rastreamento, o mesmo iria morrer.

Ao chegar no veículo, o motorista conseguiu ligá-lo e o dirigiu até um terreno que possuía um lago e um galpão.  Segundo seu depoimento à polícia, uma mulher armada ficou tomando conta do veículo e diversos rapazes descarregaram a carga.

Somente após aproximadamente 40 minutos, dois dos indivíduos levaram os três do local, que foram deixados na Rodovia Prefeito Lívio Tagliassachi, próximo ao Casarão 54, em Araçariguama.

Por meio de uma carona, conseguiram ir até a base da Polícia Militar em Araçariguama e a seguradora conseguiu localizar o veículo por meio de seu rastreamento. O caminhão vazio foi encontrado na Rua José Manoel Rodrigues, 46, no bairro Cintra Gordinho.

 

Publicidade

Comentar reportagem

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Publicidade