UOL - O melhor conteúdo EMAIL ASSINE O GAZETA

HOMENAGEM – ESTÁ MUDO O BANDOLIM!


30 de julho de 2019 l Atualizada em - 30 de julho de 2019 às 15:18

Alcides Grandisoli despediu-se na madrugada fria de 29 de julho de 2019, após uma peregrinação marcada de dignidade e sabedoria! Figuras com a sua envergadura intelectual e moral causam embaraços aos que se arriscam em citar seus feitos e analisar seu legado. É tão vasto o seu cabedal de conhecimento e rica de valores a sua personalidade, que a descrição de sua moldura ética e profissional haverá de ser sempre incompleta. Um dos fundadores da Academia de Letras de Araçariguama, cidade com a qual contribuiu grandemente para o seu desenvolvimento, nosso querido confrade tinha como patrono o filósofo Rudolf Steiner, fundador da Antroposofia.

Para aprofundar-se melhor nos mistérios da medicina antroposófica, o autodidata Alcides, que já dominava os idiomas italiano e espanhol, aprendeu a língua alemã. Pessoa incrível! Com ele tive o privilégio de trazer a lume o livro “Na Paz da Tarde”! A obra é profusa e elevada nos textos e conceitos emitidos pelo Alcides. E, sinceramente, a minha participação é de mero coadjuvante. A alma de artista sempre esteve presente em nosso bom amigo. Carregava seu bandolim e, em instante propício, empunhando-o, espargia melodias repletas de harmonia e doçura.

Era também um poeta! Em fevereiro de 2013, participávamos de um “encuentro literário” no Chile, graças ao obstinado sonho de Eduardo Saez Maldonado – outro homem apaixonado das Letras. Em tarde livre no interior de um barco, ungidos de inspiração, vates e escritores improvisavam versos, declamando-os ao vento. Instado, Alcides abraçou seu bandolim e dedilhando-o com suavidade, sob o crepúsculo, recitou: “MARIA – A ti/que longe foi/E não mais te vejo/Cego nos olhos/Mas não dos meus desejos/Que longe estás/E não mais te ouço/Em absoluto silêncio/Mas não de nossos segredos” (do teu Alcides).

Nesta altura, com permissão divina, já se reencontrou com a sua Maria!

(8-8-1930 Alcides Grandisoli + 29-7-19).

Publicidade

Comentar reportagem

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Publicidade