UOL - O melhor conteúdo EMAIL ASSINE O GAZETA

Justiça nega pedidos de defesas, Carlos Aymar e Pr. Israel Pereira continuam presos


26 de outubro de 2019 l Atualizada em - 28 de outubro de 2019 às 9:32

Na tarde desta sexta-feira, 25, o juiz criminal de São Roque, Flávio Roberto de Carvalho, acatou a denúncia contra o ex-prefeito Carlos Aymar e o ex-secretário de Governo, Pr. Israel Pereira da Silva. Ambos são denunciados em virtude ao flagrante de pagamento de propina, feito por policiais da DIG Sorocaba, no valor de R$ 14.000,00 no interior da prefeitura de Araçariguama.

Ainda em seu despacho o juiz negou os pedidos das defesas tanto de Aymar quanto do Pr. Israel. A defesa do ex-prefeito pediu que ele cumprisse prisão domiciliar, alegando que Aymar apresentava problemas de saúde. Em sua negativa, Dr. Flavio alegou que as unidades prisionais possuem serviços médicos utilizados por outros reclusos e que por isso os alegados problemas de saúde não seriam justificativas para que Aymar obtivesse o benefício. Já a defesa do Pr. Israel pediu um habeas corpus, ação judicial com o objetivo de proteger o direito de liberdade de locomoção lesado ou ameaçado por ato abusivo de autoridade, também negada pelo juiz.

 

 

Publicidade

Comentar reportagem

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Publicidade