UOL - O melhor conteúdo EMAIL ASSINE O GAZETA

Quando a cidade perde ou ganha – Tatiana Munhoz


22 de outubro de 2019 l Atualizada em - 22 de outubro de 2019 às 16:45

Diante dos fatos ocorridos em nossa cidade nesta semana, não há necessidade de comemoração por alguns ou de defesa por outros e sim de uma cobrança por esclarecimentos transparentes sobre o que realmente acontece. E esse posicionamento não está somente ligado a este caso específico, mas deve ser diário, envolvendo também questões no nível estadual ou nacional.

A chave do sucesso de um líder ou de uma pessoa de influência está diretamente ligada à habilidade de executar o que se é proposto. Quando acontece um fato envolvendo algum desses agentes, os resultados são sentidos rapidamente, tanto na esfera pessoal e individual, como na organização e na sociedade em que o indivíduo interage, atingindo relacionamentos e atrapalhando a inspiração e o desenvolvimento de muitos.

Mais da metade da população mundial vive em áreas urbanas. Portanto, sabemos que as leis e regimentos de um governo municipal afetam, diretamente e de forma integral, as iniciativas e desenvolvimento de programas que visam a estruturação desse município. Para que isso ocorra de forma positiva e gradativa, a transparência governamental e o engajamento dos cidadãos devem estar alinhados.

Desde o ano passado temos observado inúmeras manifestações em todo o território brasileiro, pautando vários temas como igualdade de gênero, combate à corrupção, oposições ideológicas ao governo, entre tantos outros. Independente de qual seja o assunto, o pilar de uma sociedade, sem dúvida alguma, está ligado à integridade e credibilidade de tudo o que ronda seus governantes, comerciantes, industriais e a todos que, de alguma forma, influenciam o meio.

Creio que agora não é o momento para julgamentos e sim tempo para um conversa honesta com o seu EU interior, para que haja uma construção de um novo paradigma de responsabilidade, inserida no lugar que você vive, trabalha, estuda e convive. É hora de um sincero e profundo alinhamento com o que você pode fazer no seu dia a dia, para assegurar que suas atitudes reflitam uma ação construtiva, resultando numa melhoria coletiva.

A mudança que tantos brasileiros querem, de repente está relacionada ao que vai dentro do seu coração. É daí que a cura e a transformação virão. A cidade só ganha quando seus residentes se abrem para uma revolução pessoal, onde seus privilégios e prioridades são modificados e um novo conceito político e social é instituído dentro de cada um, tudo em prol de uma vida em comunidade saudável.

Publicidade

Um comentários

  1. Luciene Antonia de santana

    23 de outubro de 2019 at 21:07

    😍😍😍😍😍😍😍

Comentar reportagem

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Publicidade