UOL - O melhor conteúdo EMAIL ASSINE O GAZETA

Que não seja só mais um dia – Ana Rafaela


17 de novembro de 2019 l Atualizada em - 14 de novembro de 2019 às 11:39

Nesta semana se comemora uma data muito importante, apesar de ser ponto facultativo em nossa região. Dia 20 de novembro é o Dia Nacional da Consciência Negra. A data, criada em novembro de 2011, foi escolhida por ser o dia da morte de Zumbi dos Palmares, uma das maiores figuras de resistência à escravidão no Brasil e maior líder do Quilombo dos Palmares.
Pouco se sabe sobre a vida de Zumbi, pois muitos dos dados tidos como certos décadas atrás, são hoje questionáveis. O que se pode afirmar é que Zumbi foi um escravo que conseguiu fugir, indo para o quilombo, onde tornou-se líder e lutou pela libertação dos escravos até sua morte. Ele foi capturado por bandeirantes em 1695 (com cerca de 40 anos de idade), foi assassinado e teve sua cabeça exposta em praça pública.
O Dia da Consciência Negra tem por objetivo refletir sobre a importância do povo e da cultura africana no Brasil e o impacto que tiveram no desenvolvimento da identidade cultural brasileira. Traz também questões importantes, como o racismo e a desigualdade, em pleno século XXI ainda presentes na sociedade brasileira.
 
Dados de 2018 apontam que 56% da população no Brasil se autodeclara negra. E o preconceito não está só na cor da pele, está no mercado de trabalho que muitas vezes oferece salários menores aos negros ou deixa de empregar por conta do tom de pele (sim, isso AINDA existe), está no preconceito religioso, quando se tratam de religiões de matriz africana, que até 1930 eram PROIBIDAS no Brasil, e até hoje sofrem perseguições e atos de vandalismo.
 
A sociedade e o Estado brasileiros tem ainda muito melhorar nas questões de desigualdade e preconceito, não só em relação à população negra, mas principalmente, a ela. “Enquanto imperar a filosofia de que há uma raça inferior e outra superior, o mundo estará permanentemente em guerra!” (Bob Marley).
Publicidade

Comentar reportagem

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Publicidade