UOL - O melhor conteúdo EMAIL ASSINE O GAZETA

Sindicato e empresa Vertion não chegam a acordo em audiência e greve continua em Araçariguama


6 de novembro de 2019 l Atualizada em - 6 de novembro de 2019 às 11:17

Em nota, o Sindicato dos Rodoviários de Sorocaba e Região afirmou que não chegou a um acordo com a Vertion Transportes porque a empresa não aceita reverter três demissões por justa causa que foram realizadas em retaliação à greve de agosto deste ano. A audiência foi realizada na tarde desta terça-feira, 5, no Tribunal Regional do Trabalho da 15ª Região (TRT-15ª), em Campinas.

Conforme o sindicato, o desembargador relator Dr. Jorge Luiz Souto Maior e a procuradora regional do Trabalho Dra. Ana Lúcia Ribas Saccani Casarotto fizeram um apelo para que as partes chegassem a um acordo para que o transporte público urbano e escolar fossem restabelecidos em Araçariguama.

Durante a audiência, o sindicato ressaltou que foi aceito negociar prazos para implantação dos planos de saúde e odontológico e aplicação do reajuste salarial referente à data-base, que é 1 de maio, e, mais uma vez, reafirmou ser condição de retorno ao trabalho a reversão das demissões.

Diante do impasse, a nota afirmou que os trabalhadores permanecerão em greve e o desembargador relator Dr. Souto Maior irá concluir o processo para julgamento nos próximos dias.

A empresa afirmou que está sem diesel e aguarda o repasse Prefeitura Municipal de Araçariguama para cumprir a liminar, disse a nota do sindicato.

A reportagem procurou a empresa e a Prefeitura para a confirmação das informações sendo que a empresa não nos retornou até o momento e a Prefeitura afirmou que se manifestará através de nota ainda nesta quarta-feira.

Publicidade

Comentar reportagem

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Publicidade